CONVOCARTE — Revista de Ciências da Arte

A Convocarte — Revista de Ciências da Arte é uma revista digital da FBAUL que visa promover o debate e edição de questões artísticas no espaço universitário, tendo as seguintes coordenadas dominantes: convocar um número de especialistas em torno de um tema do mundo das artes, integrar trabalhos relevantes desenvolvidos nas fases curriculares e de projecto dos mestrados e de doutoramento da FBAUL e publicar trabalhos desenvolvidos em linhas de investigação do CIEBA.

Aproveitando os meios digitais, esta revista pretende ser um mecanismo científico ágil e dinâmico, com uma larga plataforma de modos de reflexão sobre as artes, sendo expressão do modo sincrético de funcionamento afecto à área científica de Ciências da Arte, incorporando ensaios de predomínio teórico enraizado nos mais predominantes modos de discurso sobre arte: História da arte, Crítica de Arte, Estética, Teorias da Arte ou Curadoria.

O nome Convocarte apela ao espírito de partilha e discussão implicada na compreensão da expressão: Convocar o Outro (para as questões artísticas). Convoca-se um tema, como um primeiro plano ou palco que recebe um segundo, a dos ensaístas, especialistas que têm investido na problematização desse tema. A convocação da alteridade na constituição de um grupo plural de discussão em torno de um tema é o desafio capital de Convocarte.

A estrutura de Convocarte:

  1. Dossier Temático, central neste projecto editorial, que caracteriza com um tema particular cada número na convocação de especialistas. Os ensaios desta pasta apresentam o seguinte plano de sequência que define a sequência base dos seus índices:
    1. Textos teóricos ou doutrinais relativos ao tema, mais perto do âmbito da filosofia, da estética ou da teoria da arte
    2. Textos históricos, com panoramas ou abordando tempos históricos
    3. Estudos de Caso
    4. Extensões ou confluências do tema
  2. Bloco de Estudos de Historiografia e Crítica de Arte Portuguesa, que inclui trabalhos desenvolvidos no âmbito das Ciências da Arte, nos ciclos de formação e em linhas de investigação do CIEBA/Francisco d’Holanda. São contributos para o estudo dos discursos sobre a arte, com relevância maior na cultura portuguesa, em torno da historiografia da arte, da crítica, da estética, etc.

 

A coordenação Geral: Fernando Rosa Dias
Professor Auxiliar de Ciências da Arte e do Património

A co-coordenação da Secção de Crítica da Arte: Miguel Carvalho
Investigador